Quem tem um Dog em casa já deve ter reparado nos bocejos do seu amigo. A Pesquisadora Karine Silva, da Universidade do Porto, em Portugal, em uma pesquisa recente mostrou uma interação entre o bocejo e os efeitos de interações sociais.
.
Em um estudo publicado na Live Science, os pesquisadores colocaram 29 cães para ouvir diversos sons e analisar suas reações com bocejos naturais de seus donos e bocejos naturais de outros humanos. O resultado foi que os Dogs por terem uma relação de maior empatia com seus donos bocejaram mais junto com eles.”
.
“…este estudo fornece os primeiros dados que tornam plausível a empatia de base, com fundo emocional, para o bocejo contagioso nesses animais. Se for confirmada essa teoria, será possível categorizar a crescente gama de papéis desempenhados pelos cães na sociedade humana. O estudo poderá, por exemplo, ser uma ferramenta complementar útil para selecionar os cães mais adequados para uso terapêutico em termos de processamento empático para tarefas específicas.”